Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Receitas fáceis, rápidas e saborosas!

Receitas fáceis rápidas e saborosas. Receitas de frango. Receitas rápidas. Receitas fáceis.

Receitas fáceis, rápidas e saborosas!

Receitas fáceis rápidas e saborosas. Receitas de frango. Receitas rápidas. Receitas fáceis.

Compota de pêra com especiarias e nozes ♥♥♥

 

Ingredientes para encher 3 frascos de 300ml e um de 150ml:

  • 1Kg e meio de pêra rocha lavada, descaroçada e cortada em cubos (a casca fica)
  • Raspa de 1 laranja e de 1 limão.
  • 30g de margarina, cortada em cubos.
  • 800g de açúcar.
  • Meia colher de sopa de erva doce.
  • 1 Colher de café de, canela.
  • Meia colher de café de, noz moscada.
  • 2 Cravinhos, desfeitos em pó.
  • Miolo de nozes q.b (meia chávena de miolo de noz partido ao meio)
Num tacho grande, ponha a margarina e por cima as peras leve em lume brando, tapado ao lume até cozer a pera. Mexa de vez em quando. Depois das pêras cozerem e ficarem  tenras. Junte as raspas das frutas e as especiarias. Adicione o açúcar e deixe ferver durante mais ou menos 1 hora, vá mexendo de vez em quando e vigiando quando estiver a fazer o ponto de estrada, (ao passar com a colher de pau no fundo do tacho o doce afasta e vê-se o fundo do tacho, desenhe uma estrada com a colher de pau) nesta altura adicione as nozes, mexa e desligue o lume, a compota está pronta.
 
Enfrascar:
  • Lave e ferva bem os frascos de vidro e as tampas que vai usar para enfrascar a compota. Seque-os muito bem. Encha-os de compota, calque bem com a colher de forma a preencher bem o frasco com a compota e depois de vedar bem o frasco, vire-os ao contrário até arrefecer. 

perfil do Google+ de Ana Pinheiro.

Receita de bolo de laranja

 

Ingredientes:

    • 2 Chávenas de farinha.
    • 2 Chávena de açúcar.
    • 1 Chávena de sumo de laranja.
    • 4 Ovos.
    • 1 C.chá, de fermento em pó.
    • Raspa de 1 laranja.

 

Bata as claras em castelo e reserve. Noutro recipiente, bata o açúcar com as gemas junte a farinha o sumo de laranja, as raspas e o fermento. Agora, envolva as claras na massa suavemente. Deite numa forma previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha. Vai ao forno (médio) durante cerca de 25min.

 

Se desejar, depois de pronto, regue com sumo de

laranja misturado com açúcar. 

 

  

perfil do Google+ de Ana Pinheiro.

A lenda do Pai Natal e a receita de Tirami-su.

Há muitos anos atrás,  nasceu Nicolau (cujo nome significa pessoa virtuosa) Foi criado em Patara, uma cidade portuária situada na Ásia pelos seus pais que se chamavam Epifânio e Joana e eram cristãos devotos. A sua família era rica, diz a lenda que desde tenra idade, Nicolau demonstrou a sua bondade e compaixão pelo próximo. Um dia,  soube que um homem  estava prestes a encaminhar as suas três filhas pelos caminhos da prostituição, porque não tinha dinheiro para pagar-lhes o dote para estas se casarem. Nicolau chocado não podia permitir que isto acontecesse e a meio da noite deitou um saco cheio de ouro pela chaminé do homem de forma a que este, pudesse pagar o dote da filha mais velha, e cada vez que se aproximava a idade de o homem casar outra filha, Nicolau repetia o gesto salvando assim as raparigas do pesadelo. Os pais de Nicolau faleceram cedo e este aconselhado por seu tio, viajou até a Terra Santa, durante o percurso caiu uma tempestade que segundo a história conta, acalmou como que por milagre assim que Nicolau começou a rezar a Deus. Viveu o resto da sua vida em Mira despojado de bens materiais já que ficou sem  nada, porque deu tudo o que tinha para ajudar os pobres, com quem se cruzava. Um dia o bispo da igreja de Mira faleceu e os anciões da aldeia estavam a escolher o seu sucessor, como não sabiam

quem escolher, optaram por colocar o problema a Deus, nessa noite, um deles sonhou com Deus e no sonho, Deus dizia-lhe: 

 -O primeiro homem, que entrar na igreja amanhã será o bispo.

Na manhã seguinte os anciões aguardavam ansiosamente, quando ao longe vêem um vulto a entrar, era Nicolau. Nicolau ficou a ser o bispo e continuou a fazer o bem até ao dia em que fechou os olhos pela última vez.

Reza a lenda que S. Nicolau faleceu a 6 de Dezembro de 342.  no sitio onde este foi sepultado apareceu uma nascente de água.  

  

Receita de tirami-su

    • 4 Gemas.
    • 250gr. de queijo mascarpone.
    • 50g de açúcar.
    • 3 claras.
    • 10g de açúcar.
    • 170gr. de palitos á la Reine.
    • 1,5 dl de café forte feito, misturado com 4 c.sopa, de rum.
    • 1 c. sopa, de cacau em pó.

 

Bata as gemas com as 50 gr de açúcar até ter um creme claro, junte o queijo e bata bem. Bata as claras em castelo e junte as 10gr. de açúcar envolvendo suavemente, junte à mistura. Coloque metade do creme numa tigela e reserve, a outra metade coloque no pirex onde vai servir. Agora mergulhe com rapidez os palitos no café e disponha-os por cima da mistura do pirex, por cima coloque o restante creme que pos de parte, ponha no congelador 30 min para ser mais rápido. na Hora de servir polvilhe com cacau.  

perfil do Google+ de Ana Pinheiro.

Azevias

Receita de azevias

 

  • 1 Pau de canela.
  • 2 Tigelas de grão cozido sem casca.
  • 400 gr. de açúcar.
  • 1 Laranja e 1 limão.
  • 3 Gemas.
  • Oleo para fritar.

massa

  • 500gr. de farinha.
  • 1 Cs, de azeite. 2 Cs. de manteiga derretida.
  • 1 cálice de vinho do Porto ou aguardente.

O pau de canela é fervido com 2dl de água e o açúcar ate ao ponto de fio* Junte o grão, as raspas do limão e da laranja. Ao lume, vá mexendo até fazer estrada no fundo do tacho*. Retire o pau de canela, deixe arrefecer.

Deite as gemas e o sumo de laranja.Vai de novo ao lume. Mexa sempre até ferver. Coloque numa tigela e guarde no frigorifico de um dia para o outro. Deite a farinha numa pedra mármore e junte o azeite e a manteiga, misture e junte o vinho do Porto. Trabalhe a massa sove-a com as mãos, junte pequenas quantidades de água para torna-la maleável para estender. Cubra com um pano e deixe descansar 1 hora. Entenda a massa com o rolo, recorte aos círculos e recheie com o doce de grão.Vai a fritar em óleo a ferver.

Retire o excesso de gordura e polvilhe com canela e açúcar. 

 

* Fazer estrada no fundo do tacho: Ao passar a a colher no fundo do tacho abre-se o doce e fica um "caminho".  

* Ponto de fio: Deixa escorrer a calda do açúcar da colher e forma-se um fio.

perfil do Google+ de Ana Pinheiro.

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

  •         Obrigado pela visita

    Um abraço e bons cozinhados!